Fibromialgia x Acupuntura


>



A Fibromialgia caracteriza-se por ser uma síndrome dolorosa crônica, apresentando dores em diferentes pontos, e distúrbios do sono entre vários outros sintomas.
Ocorre em cerca de nove mulheres para cada homem em idades variadas. Caracterizada, principalmente, por uma dor difusa, referida no sistema músculo-esquelético, acompanhada por fadiga, distúrbios do sono e pontos dolorosos pré-determinados.
É considerada uma síndrome porque é identificada mais pelo número de sintomas do que por uma má função específica. Não necessariamente apresentará todos os sintomas, mas outros podem estar presentes, como parestesia, disminorréia, cefaléia, artralgia, rigidez matinal, ansiedade e depressão.

Leia também

Tabagismo e doenças pulmonares

A variedade de opções de tratamentos tem aumentado o controle da doença, e uma via alternativa em estudo é a Acupuntura. Sua eficácia no tratamento da dor de diversas etiologias estão bem demonstrados; em especial para a síndrome de dor, em que o conceito de pontos-gatilho apresenta correlações importantes com o de pontos de Acupuntura, e para a qual é imprescindível uma ação terapêutica direta sobre os músculos cronicamente lesados (Hirakui, 2004).
Incidência
Estima-se que a fibromialgia seja a terceira maior causa que levaria um indivíduo a procurar um reumatologista (Rosa Filho, 2004), sendo vista como uma das queixas reumáticas mais comuns, afetando 2% da população onde o predomínio é pelo sexo feminino cuja idade varia de 25 a 50 anos. É pouco relatada nos países em desenvolvimento ( Hirakui, 2004).
O que Causa a Fibromialgia
Alguns fatores isolados como traumas emocionais ou físicos, estresses como doenças, mudanças hormonais, etc., podem gerar dores ou fadiga generalizadas que não melhoram com o descanso e que caracterizam a Fibromialgia.
Outro fator importante é a falta de serotonina, que é produzida no nível delta do sono, constantemente interrompido na fibromialgia.
lguns pacientes são capazes de identificar fatores que agrava as dores, como quadros virais, traumas físicos (acidentes automobilístico), traumas psíquicos (problemas com filhos, divórcios e outros), mudanças climáticas (especialmente o frio e a umidade), sedentarismo e a ansiedade são os mais relatados. Porém, o único achado relevante ao exame físico é a presença dos pontos dolorosos ou "tender points".
Sintomas Clínicos
A alteração mais evidente é a dor generalizada, mas é possível identificar rigidez generalizada no corpo, pela manhã e edema nas mãos e nos pés onde também são notadas paresias, principalmente nas mãos. Cansaço extremo que se mantém durante quase todo o dia. Acredita-se que devido a este sintoma, os pacientes com Fibromialgia não tenham tolerância ao esforço físico, mas é importante ressaltar que mesmo que pareça um paradoxo, esses pacientes devem, de forma orientada, estar atentos à prática de exercícios físicos, para estimular serotonina.
Cefaléia tensional, sensibilidade ao frio, vertigem, dificuldade de concentração, secura de olhos e boca, taquicardia, tensão pré-menstrual, irritabilidade e distúrbio de humor são, também, observados (Hirakui, 2004).
Diagnóstico
O critério para o diagnóstico é puramente clínico. Embora pareça que o paciente esteja fisicamente normal, um exame mais detalhado e minucioso demonstra áreas bastante sensíveis ao toque. São pontos hipersensíveis sobre músculos e ligamentos.
Para que seja confirmada qualquer suspeita sobre fibromialgia, deve-se obedecer alguns critérios estabelecidos, como presença de dor disseminada por 3 meses ou mais.
A dor é disseminada quando apresentar:
  • -Dor no hemicorpo esquerdo e direito;
  • -Dor acima e abaixo do punho;
  • -Coluna cervical;
  • -Parede anterior do tórax;
  • -Coluna torácica;
  • -Coluna lombar.
Em conjunto com a dor disseminada, é preciso que o paciente sinta dor pelo menos em 11 dos 18 tender points, que são pontos palpáveis, hipersensíveis, espalhados por todo corpo:
  • -Região occipital: bilateralmente, nas inserções dos músculos;
  • -Coluna cervical inferior, nos espaços intertransversais, bilateralmente;
  • -Trapézio, bilateralmente, no ponto médio da borda superior;
  • -Supra-espinhoso, bilateralmente, nas origens e acima da espinha escapular e da borda medial da escápula;
  • -Segunda costela, bilateralmente, no 2º espaço intercostal e articulação condrocostal;
  • -Epicôndilo lateral: bilateralmente, 2 cm abaixo dos epicôndilos;
  • -Região glútea, bilateralmente, nos quadrantes superolaterais e abaixo do piriforme;
  • -Trocânter maior, bilateralmente, posterior à proeminência trocantérica;
  • -Joelho, bilateralmente nas interlinhas mediais e no local de inserção dos músculos da pata de ganso. (Hirakui, 2004).
Intervenção da Acupuntura na Fibromialgia
A base de tratamento da Acupuntura é o reequilíbrio energético através de canais que se encontram distribuídos no organismo humano por onde passa a energia vital. O tratamento é feito através de inserção de agulhas introduzidas nos pontos os quais estão localizados nos canais energéticos também chamados meridianos. Segundo a teoria da Acupuntura, todas as estruturas do organismo se encontram em equilíbrio pela atuação das energias Yin e Yang, um desequilibro, gera doença. De acordo com estudos e pesquisas para comprovar a eficácia, a arte da Acupuntura visa através da sua técnica, estimular os pontos reflexos que tenham a propriedade de restabelecer o equilíbrio alcançando assim, resultados terapêuticos e diminuindo o quadro álgico para uma melhor qualidade de vida e retorno às atividades diárias.
Será abordado o tratamento denominado Teoria dos Cinco Elementos. A aplicação da teoria dos cinco elementos está na classificação em diferentes categorias como emoções humanas e fenômenos naturais externos do corpo como as condições climáticas. No caso da fibromialgia destaca-se uma desarmonização no excesso de fígado e deficiência de rins. Através desse tratamento, observamos também o ciclo de dominação que o fígado, coração, rim, pulmão, necessitam de tratamento simultaneamente. Um dano no fígado pode influenciar também o coração e acontece que a dominação da mãe atinge o filho pode influenciar o pulmão, pode influenciar os rins, o que resulta em a dominação do filho atinge a mãe. Reforçar a Terra para produzir Metal, Umedecer a Água para manter a Madeira irrigada, sustentar a Terra para conter a Madeira e fortificar a Água para conter o Fogo.
Água em deficiência, tonificar a mãe Rim que é o pulmão + rim + baço. Fígado em excesso, sedar o filho que é coração + Fígado. Fígado em excesso, o rim não consegue guardar energia essencial.
Os pontos empregados são detectados à palpação e baseando-se nos critérios acima citados dos tender points e áreas de dor referida, já que o diagnóstico da Fibromialgia é puramente clínico. As agulhas de Acupuntura devem ser introduzidas nestes pontos com profundidade que varia de acordo com a anatomia local. (Hirakui, 2004).
É possível evitar a Fibromialgia?
Não existem estudos científicos comprovando especificamente como evitar fibromialgia, mas sim estudos mostrando como atenuar os sintomas dolorosos da fibromialgia e evitar que o quadro piore.
Alguns pesquisadores, através de trabalhos científicos, nos mostram que as pacientes com fibromialgia podem melhorar muito o quadro com alguns procedimentos simples, tais como:
  1. Atividade física e alongamentos rotineiramente,
  2. Meditação
  3. Relaxamento a qualquer momento do dia. Principalmente treinar para estar preparada nos momentos da dor mais intensa.
Obviamente que a pessoa que adquirir estes costumes na sua vida diária, estará vivenciando mais calma e paz interior, que são os ingredientes básicos anti fibromialgia. 

Texto enviado por Carlos Eduardo Oliveira - Graduado em Fisioterapia pela Fundação Educacional de Fernandópolis (SP) - Especializado em Medicina Tradicional Chinesa (Acupuntura) pelo Colégio Brasileiro de Acupuntura (CBA/SP).
Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário