Tratamentos da Fisioterapia na Fibromialgia









Algumas pessoas sentem dores em lugares específicos no corpo e fadigas constantes e nem se preocupam que pode ser alguma doença. O pior é que a pessoa pode estar sofrendo de fibromialgia.

Fibromialgia são dores crônicas e é considerada síndrome porque engloba uma série de manifestações, como dores generalizadas, fadiga, formigamento, indisposição, falta de flexibilidade pela manhã e dificuldades para dormir.

As causas dessa síndrome são desconhecidas, mas a mesma pode ser desencadeada por algum trauma grande, genética já que são muito comuns pessoas da mesma família, sedentarismo, depressão e etc.

Não tenha dúvidas de que ela é uma condição frustrante que pode ser difícil de diagnosticar e tratar. Muitas pessoas se beneficiam de uma combinação de tratamento médico e de estratégias de auto cuidado. Para nós, fisioterapeutas, o tratamento para fibromialgia pode ser feito com:

Exercícios de alongamento: promovem o relaxamento, a mobilidade e a flexibilidade muscular;
Hidroterapia: a água permite a realização de exercícios de maior amplitude, reduzindo a dor e a fadiga, melhorando a qualidade do sono;
Massagem: promove o relaxamento muscular, melhora a qualidade do sono, combate a fadiga e diminui a dor;
Aparelhos de eletroterapia: como TENS ou biofeedback, que podem ser utilizados para reduzir a dor nos pontos dolorosos da fibromialgia e melhorar a circulação local.

A fisioterapia pode ser realizada de 2 a 4 vezes por semana e o tratamento deve ser direcionado para o alívio dos sintomas que o indivíduo apresenta.  A fibromialgia tende a piorar algumas vezes e melhorar em outros períodos. Ela pode nunca desaparecer completamente, mas você pode se sentir melhor com o tratamento.

É importante lembrar que há outras ações que não podem ser dispensadas quando falamos em tratamento e que o fisioterapeuta pode ajudar, com instruções, como:

Reforce a importância de bons hábitos de sono. Ir para a cama e acorde na mesma hora todos os dias. Verifique se o quarto é silencioso, escuro e com uma temperatura confortável. Evite cafeína e álcool antes de deitar. Tente não cochilar durante o dia.
Fale sobre maneiras de reduzir o stress. Procure maneiras de simplificar a sua agenda. Reserve algum tempo todos os dias para relaxar. Tente meditação ou respiração profunda.
Destaque a importância da prática de exercícios físicos diariamente. Pode ser difícil pensar em se exercitar quando você não tem energia e sente dores. Mas o exercício é provavelmente a melhor coisa que você pode fazer por si mesmo.

Portanto, a Fisioterapia é uma importante aliada para quem tem Fibromialgia e quer melhorar a qualidade de vida.



Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Nenhum comentário

    Tecnologia do Blogger.