Fisioterapia aquática para doenças reumáticas







http://www.korpussaude.com.br/files/cursos/curso-de-hidroterapia-ou-fisioterapia-aquatica-2.jpg

A Fisioterapia aquática é a prática de exercícios terapêuticos ou preventivos em piscinas aquecidas associada ou não a manuseios, manipulações, hidromassagem e massoterapia, configurada em programas de tratamento específicos para cada paciente.

A fisioterapia aquática vem sendo indicada e utilizada por médicos e fisioterapeutas em diversos programas de reabilitação multidisciplinares, principalmente na área reumatológica. A expansão e aceitação dessa técnica de reabilitação resultam da resposta positiva dos pacientes e da alta taxa de sucesso quanto a resultados e, às vezes, é o único meio que permite a movimentação do paciente com doença reumática.

O fisioterapeuta realiza uma avaliação e projeta um programa de exercícios que se adeque às necessidades individuais e, ao mesmo tempo, monitora, a cada sessão, os níveis de fadiga e dor, entusiasmo, motivação e ganhos funcionais do paciente. Reavaliações são realizadas periodicamente para determinar e graduar o nível de recuperação e traçar novos objetivos para evoluir as habilidades do meio aquático para o uso de tais habilidades no dia a dia do paciente.

Nas doenças reumatológicas, a maioria das complicações ocorrem nas articulações. As lesões articulares primárias específicas da doença ou a disfunção ortopédica secundária ao esforço anormal sobre estruturas frágeis do corpo podem resultar em disfunções do tronco, extremidades superiores e inferiores, o que acaba por alterar a biomecânica da postura, marcha e amplitude de movimento, por exemplo, deformidades articulares, fraqueza muscular (tendinite, bursite, etc.).

Na piscina, o calor da água que circunda a articulação alivia a dor e relaxa a musculatura periarticular.  A flutuação  proporciona a diminuição da tensão sobre as articulações. A limitação da movimentação, assim como a rigidez articular, são reduzidas devido ao alívio da dor e da sustentação das articulações pela flutuação, durante a movimentação.

A fraqueza da musculatura periarticular de uma ou mais articulações afetadas, assim como outros problemas como a frouxidão ligamentar, alterações do funcionamento biomecânico e/ou manifestações extra-articulares são trabalhadas através de exercícios. A flutuação também pode ser utilizada como auxilio do exercício e gradualmente ser reduzida para dar maior resistência ao movimento. A capacidade funcional é restabelecida gradativamente com a melhora da atividade muscular e articular do paciente, restabelecendo a sua confiança e capacidade de realizar movimentos também fora da água.

Principais objetivos com os exercícios
-Alívio da dor e do espasmo muscular;
-Manutenção ou restauração da força muscular em torno das articulações dolorosas;
-Redução da deformidade e aumento da amplitude de movimentação em todas as articulações afetadas;
-Manutenção da amplitude de movimentação e força muscular das articulações não afetadas;
-Restauração da confiança e reeducação da função.

Rotina terapêutica dos pacientes pode incluir a hidrocinesioterapia, que é constituída de:
1. Exercícios isolados de membros superiores, membros inferiores e tronco para fortalecimento e ganho de amplitude de movimento;
2. Exercícios de alongamento para aumentar a flexibilidade;
3. Treinamento de marcha, propriocepção e iniciação de sustentação do peso;
4. Técnicas de posicionamento usadas para diminuir a dor;
5. Trabalho de condicionamento geral;
6. Exercícios para coordenação, equilíbrio, agilidade.

Indicações da fisioterapia aquática para pacientes reumáticos
Existem, também, técnicas específicas de exercícios usadas em combinação e adaptadas aos pacientes individualmente. Cada técnica contribui de alguma maneira para a estabilização apropriada das articulações, recuperando os padrões de movimentos sinérgicos normais. Podemos utilizar a técnica de "Bad Ragaz" ou "método dos anéis", a técnica de Watsu e outras já explicadas anteriormente.

- Alto nível de dor
- Desvios de marcha
- Mobilidade diminuída
- Contraturas musculares
- Fraqueza muscular
- Coordenação limitada
- Transferência de peso inadequada
- Diminuição de resistência muscular
- Flexibilidade diminuída
- Disfunções posturais
- Propriocepção deficiente

Patologias reumáticas mais frequentes tratadas na fisioterapia aquática
- Disfunções da coluna vertebral
- Osteoartrite/osteoartrose
- Fibromialgia
- Espondiloartropatias
- Artrite reumatoide

Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Nenhum comentário

    Tecnologia do Blogger.