A artrose, também chamada de osteoartrose ou osteoartrite, é a degeneração da superfície cartilaginosa de uma articulação. A articulaç...

Artrose no Cotovelo




Antes de ler esse post, inscreva-se na newsletter e receba notícias da Fisioterapia no seu email. Clique aqui


A artrose, também chamada de osteoartrose ou osteoartrite, é a degeneração da superfície cartilaginosa de uma articulação. A articulação, que normalmente deve ser congruente, bem lubrificada e com as superfícies lisas, possibilitando movimentos suaves, torna-se doente e incongruente.

A dor no cotovelo é um sintoma muito comum em pessoas que praticam musculação, especialmente depois de fazer um treino fortalecendo o tríceps, mas também pode afetar pessoas ou que praticam esportes intensos com os braços, como crossfit, tênis ou golfe, por exemplo. Os principais sintomas são dor e dificuldade para realizar os movimentos. Nos casos mais graves, a dor pode ser constante e não aliviar com medicamentos, e movimentos como levar a mão à boca podem ser impossíveis.


A artrite é  o desgaste e inflamação da articulação do cotovelo que gera dor e inchaço na região, sendo mais comum pacientes idosos. se nao for bem cuidado, se transforma em artrose.

Existem diversos tipos de artrose, sendo os principais: - Artrose primária: mais comum após os 60 anos, e acometendo várias articulações - Artrite reumatoide ou reumatismo: costuma acometer pacientes mais jovens - Artrite pós-traumática: ocorre após um trauma ou fratura. Geralmente, o único exame necessário é a radiografia. Em algumas situações, a tomografia, ressonância ou ultrassom podem ser solicitados.

A artrose não tem cura, e todas as medidas empregadas visam evitar a progressão e aliviar os sintomas. O tratamento inicial é o não-cirúrgico. Remédios para dor, como anti-inflamatórios e analgésicos, e fisioterapia são os métodos mais utilizados. Alguns pacientes tem melhora dos sintomas com os chamados condroprotetores, sendo os mais utilizados são a condroitina e a glucosamina. Esses remédios tentam melhorar a qualidade da cartilagem. O tratamento não cirúrgico deve ser tentado por um mínimo de 3 a 6 meses.
Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Indicação de Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Poste um Comentário

0 comentários:

Faça Fisioterapia