Sindrome da Fadiga Cronica


>



Quando o sono não é reparador, as dores generalizadas aumentam e surgem dificuldades cognitivas de diversa ordem, diz-se que estamos perante um caso de síndrome de fadiga crônica.


A síndrome de fadiga crônica é uma doença que se caracteriza por um cansaço prolongado e debilitante que normalmente é acompanhado de vários sintomas pouco específicos como dores de cabeça, repetidas inflamações da garganta, dores musculares e nas articulações, perturbações do sono, humor irritável, depressão e perturbações cognitivas, como os lapsos de memória e a dificuldade de concentração.

É uma enfermidade debilitante que afeta tanto os adultos, como as crianças. A enfermidade também é conhecida como Síndrome de deficiência orgânica imune e fadiga crônica (CFIDS) ou encefalomielite miálgica. Apesar de não haver nenhuma causa conhecida da enfermidade existem algumas estratégias de tratamento estão disponíveis aliviar sintomas.

A Fadiga crônica é só um sintoma da síndrome, da mesma maneira que sede crônica podem ser um sintoma de diabete não controlado. Porém, SFC difere do sentimento mais típico de fadiga; é uma doença debilitante que interfere com a habilidade de uma pessoa para participar na atividade de vida diária, às vezes por longos períodos de tempo. Até mesmo as tarefas mais simples pode se tornar um obstáculo a superar, e gasto de uma pequena quantidade de energia pode obrigar a pessoa a repousar-se na cama.

Qualquer um pode adquirir síndrome de fadiga crônica (crianças, adolescentes, adultos, idosos), e afeta as pessoas de todos as idades e não tem nenhuma relação com o social ou econômico. No momento, não há nenhum etiologia conhecida, e a SFC é diagnosticada por exclusão das outras enfermidades conhecida a ciência de moderna, como esclerose múltipla, lupus, certos canceres, depressão, SIDA, patologias da tiróide, etc.

A fadiga crônica é o sintoma principal da maioria das pessoas com fibromialgia e não é fácil distinguir entre as pessoas com SFC e SFM, exceto pelo fato de que, na primeira, o elemento da fadiga é provavelmente o mais dominante entre os sintomas, enquanto as pessoas candidatas a terem SFM têm a dor muscular como o seu sintoma principal.

A fisioterapia passa a ter um papel importantíssimo na prevenção de sintomas e para a melhora da qualidade de vida. 
Sindrome da Fadiga Cronica Sindrome da Fadiga Cronica Revisado by Faça Fisioterapia on 09:33 Nota: 5

Nenhum comentário