Saiba mais sobre a Artrite Psoriásica


>





A artrite psoriásica é uma doença que causa inchaço e dor no interior e em torno das articulações. Pode afetar uma série de articulações, incluindo os dedos das mãos e dos pés, punhos, joelhos e tornozelos, cotovelos e grandes articulações, como ombros, coluna vertebral e na parte inferior das costas (chamadas articulações sacroilíacas).

A artrite psoriásica também afeta os tecidos em torno das articulações, incluindo os tendões e ligamentos, dos dedos das mãos e dos pés,o que causa um inchaço chamado dedo de "salsicha".

Existe também a inflamação da pele, especialmente, sobre os cotovelos, joelhos e no couro cabeludo.

A artrite psoriásica está intimamente ligada a psoríase, que é uma doença que provoca infamação e vermelhidão na pele, que fica coberta por escamas, brancas, prateadas ou cinzentas.

É comum a artrite psoriásica?

Artrite psoriásica não é uma forma comum de artrite, mas afeta tanto os homens quanto as mulheres em igual número, normalmente, ocorre entre a faixa de 20 a 50 anos.

Até 30% das pessoas portadoras de psoríase podem adquirir artrite psoriásica. Embora a psoríase possa se iniciar em qualquer idade (sendo mais comum na adolescência tardia), a artrite psoriásica, geralmente, aparece mais tarde - entre os 20 e 40 anos. É mais comum que a psoríase apareça primeiro mas, em uma pequena percentagem de pessoas (cerca de 15%), a artrite psoriásica pode aparecer antes.


Quais são os sinais de artrite psoriática?

A artrite psoriásica causa, não apenas o inchaço nas articulações, como também nos tecidos circundantes (músculos, pele, tendões e ligamentos).

Na artrite psoriásica pode haver vermelhidão nos dedos dos pés e das mãos e o inchaço ter aparência de uma "salsicha". Nem todos os dedos das mãos ou dos pés podem ser envolvidos. As unhas também poderão ter pequenos buracos ou depressões (isso é chamado pitting – unhas de "dedal") e também podem se desprender da pele.

As outras características comuns da artrite psoriásica incluem a tendinite (inchaço dos tendões) e "enthesitis" (nódulos com dor e inchaço nos locais onde os tendões e os ligamentos se conectam aos ossos). Os exemplos mais comuns de tais condições são esporas do calcanhar, cotovelo de tenista e inflamação do tendão de Aquiles (cordão na parte de trás do calcanhar).

A maioria das pessoas que tem artrite psoriásica não tem dor nas costas, mas se tiver, ela será, provavelmente, pior à noite e de manhã, com uma rigidez que vai diminuindo gradualmente à medida que se tornar mais ativo durante o dia.

Artrite psoriásica geralmente irá desenvolver de duas maneiras:

1. Localizada:

Artrite psoriásica suave que se desenvolve lentamente, com sintomas leves, e que afeta menos de cinco articulações. Pessoas que possuem este tipo de artrite psoriásica vão viver - muitas vezes - sem sintomas durante um longo período de tempo.


2. Generalizada:

A forma de artrite psoriásica mais grave que afeta cinco ou mais articulações ao mesmo tempo. Esta forma da doença muitas vezes pode levar a lesão articular, invalidez permanente e exige medicação precocemente. Nos casos mais graves, pode ser exigida cirurgia para a recuperação.

Se o médico diagnosticou artrite psoriática, ele irá encaminhar o paciente para um reumatologista para começar o tratamento. Um reumatologista é um médico especializado no diagnóstico e no tratamento de problemas de articulações, músculos e ossos.

O que causa artrite psoriásica?

Embora ninguém saiba ao certo o que provoca a artrite psoriásica, sabe-se que a hereditariedade e a predisposição genética desempenham um grande papel.

Crianças, filhos de pais com psoríase, têm três vezes mais chances de ter artrite psoriásica. Se um gêmeo idêntico tem psoríase, há uma chance de 75% do outro ter também. Até 30% das pessoas com psoríase desenvolvem artrite psoriásica.

Outras possíveis causas da artrite psoriásica são a exposição à alguma infecção ou alterações no ambiente.

O que você pode fazer sobre artrite psoriásica?

Até o momento, não há cura para a artrite psoriásica. Por isso o tratamento é projetado para minimizar a dor e a rigidez. Estabelecer o diagnóstico correto é muito importante, porque muita coisa pode ser feita para amenizar o agravamento dos sintomas da artrite e as terapias funcionam bem melhor quando prescritas no início da doença.

O médico, provavelmente, será capaz de diagnosticar com mais facilidade se o paciente tiver artrite psoriásica tendo psoríase cutânea, juntamente com um único ou vários sintomas: vermelhidão, inchaço nos dedos das mãos e dos pés. Geralmente, se as unhas e a pele estão afetadas, juntamente com as articulações, o diagnóstico pode ser feito.

No entanto, uma vez que a artrite psoriásica é semelhante a outras formas de artrites, como a gota, síndrome de Reiter e artrite reumatóide, o médico deverá pedir exames físicos e vários testes complementares para confirmar o diagnóstico.

Muitas vezes utilizam-se radiografias para avaliar se há alteração óssea.

Exames de sangue e de fluidos devem ser realizados conjuntamente para afastar outras doenças como a artrite reumatóide, artrite reativa ou gota.

Quando o diagnóstico é confirmado, há vários tratamentos que podem ajudar a diminuir a dor e rigidez e aumentar a circulação.

O tratamento da artrite psoriásica é, tanto para a condição da pele, quanto para a artrite. Para a artrite psoriásica leve, geralmente, o tratamento é composto de medicação, fisioterapia e de ajustes na vida diária. A participação do paciente deve ser ativa para o sucesso do tratamento prescrito, é essencial.
Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário