Bursite do cotovelo







A bursite do cotovelo é um inchaço doloroso da bolsa do cotovelo. Quando magoada, a bolsa do cotovelo fica inflamada (vermelha e dorida) e pode ficar cheia com demasiado líquido. A principal bolsa do cotovelo é a do olecrânio (saliência óssea do cúbito que fica localizada atrás do cotovelo), permitindo o fácil escorregamento dos tendões que passam a este nível. Quando inflamada, apresenta aquelas manifestações inflamatórias, ficando vermelha, inchada e dolorosa, tornando difícil a mobilização do cotovelo.

Causas de bursite no cotovelo

A causa mais frequente da bursite do cotovelo (ou bursite olecraniana) é o traumatismo repetido do apoiar dos cotovelos sobre um plano duro como uma secretária. Daqui o nome de gíria pelo qual é conhecida – cotovelo do estudante. Qualquer outra ocupação, que favoreça estes pequenos e repetidos traumatismos, a pode provocar. Outras causas possíveis são:

Infecção.
Algumas doenças, como por exemplo uma artrite reumatóide ou a gota.

Sinais e sintomas de bursite do cotovelo

Esta bursite traduz-se por um grande inchaço na parte de trás do cotovelo. Pode ter dores ou uma grande sensibilidade nesta zona, deixando de a conseguir mover tão bem como antes. Também pode ter febre.

Diagnóstico – Como se Diagnostica:

O aspecto do cotovelo e a localização das queixas, bem como a avaliação das causas subjacentes, são determinantes para o diagnóstico. A punção pode ser indispensável, não só para diagnóstico como para tratamento da bursite do cotovelo.

Cuidados a ter:

A seguir, estão descritas algumas coisas que pode fazer para ajudar a curar a bursite do cotovelo mais depressa. Isto também pode evitar que ela se volte a repetir.

Não se apoie muito sobre o cotovelo, como por exemplo quando trabalha numa secretária.
Evite atingir ou dar golpes no cotovelo.
Começar a fazer exercícios quando o médico autorizar. Poderão recomendar-lhe que evite ao máximo a dor à medida que for utilizando mais o cotovelo.
Proteja o cotovelo quando iniciar novamente as actividades normais, para evitar uma nova lesão
Faça sempre exercícios de alongamento antes de se exercitar. Isto liberta os músculos e diminui a tensão sobre o cotovelo. Mas não alongue em excesso, pois pode causar uma nova bursite.
Descanse entre os programas de exercícios.
Faça exercícios de descontracção depois do esforço.

CONTACTE O SEU MÉDICO SE:

A dor e o inchaço aumentarem.
Tiver dores nas outras articulações.
Tiver novos sintomas.
Tiver uma temperatura superior a 38° C.

Riscos e Complicações:

Uma inflamação inicial pode vir a transformar-se em infecção, com pus, o que justifica tratamento antibiótico orientado pelo seu médico.

Tratamento da bursite do cotovelo

Cuidados Locais:

A parte mais importante no tratamento de uma bursite como esta é o descanso, até o cotovelo se curar. Descansar o cotovelo diminui o inchaço e evita que a bursite piore. Quando a dor diminuir, inicie movimentos normais e lentos. O gelo provoca a contracção dos vasos sanguíneos, o que diminui a inflamação. Na fase aguda (inicial), coloque gelo moído num saco de plástico e cubra-o com uma toalha. Coloque-o sobre a parte de trás do cotovelo durante 15 a 20 minutos, de hora a hora, enquanto for necessário. Não se esqueça do gelo, pois pode provocar uma queimadura pelo frio. Os médicos podem envolver o seu cotovelo com fita adesiva ou com uma ligadura elástica, para evitar que inche. Desaperte a ligadura elástica se os seus dedos começarem a apresentar formigueiros ou a ficar azuis. Manter o braço erguido sobre almofadas também ajuda a diminuir o inchaço.

Cuidados Médicos:

Se o seu médico achar necessário, poderão ser utilizados anti-inflamatórios ou analgésicos para as dores. Em casos mais graves e arrastados, com reduzida eficácia dos cuidados locais e dos medicamentos anteriores, poderá vir a ser necessário realizar uma infiltração da bolsa com esteróides, para curar a inflamação. Os médicos podem acrescentar um anestésico local aos esteróides. Como estas injecções diminuem o inchaço e a dor, pode pensar que o cotovelo está curado e que pode voltar a fazer os mesmos trabalhos responsáveis pela bursite anterior. É importante não os fazer enquanto o seu médico não o autorizar. Pode piorar a bursite se o fizer demasiado cedo.

Os médicos podem utilizar uma agulha para retirar líquido da bolsa do cotovelo. Retirar este líquido extra pode ajudar a bursite a curar-se mais depressa. O líquido pode ser enviado para um laboratório, para procurar sinais de infecção. Pode ser preciso remover cirurgicamente a bolsa ou parte do olecrânio. A cirurgia não costuma ser necessária, excepto se a bursite for muito grave e não ficar curada com o tratamento. O seu médico pode querer que faça fisioterapia para ajudar a bursite a curar-se mais depressa.
Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Nenhum comentário

    Tecnologia do Blogger.