Fisioterapia na Reumatologia e Exercícios Físicos


>





A reumatologia é uma área da medicina que trata do estudo e diagnóstico de doenças localizadas nos tecidos conjuntivos. As doenças reumatológicas se desenvolvem nos músculos, articulações, tendões e ligamentos, e são caracterizadas por dor e rigidez no aparelho locomotor do paciente.

Além disso, o sistema imunológico do paciente passa a agredir órgão, tais como rins e o coração, como ocorre na artrite reumatoide, gota, febre reumática e lúpus eritematoso, entre outros.

Geralmente, as doenças reumatológicas afeta principalmente adultos e idosos, mas há casos onde crianças e jovens também são atingidos pelas mesmas. O diagnóstico é feito através de exames físicos e o histórico do paciente, e o tratamento é realizado basicamente com fisioterapia e anti-inflamatórios.

O traba­lho em equipe é ­mui­to importante pois pode proporcionar o aperfei­çoamento do tratamento do paciente, oferecer efetiva educa­ção, aumentar a comunica­ção e obter resultados mais satisfatórios com a discussão das me­lhores condi­ções clínicas e terapêuticas. Uma equipe ideal (multidisciplinar) deve estar ­cons­ti­tuída de reumatologista, clínico geral, ­fi­sio­terapeuta, equipe de enfermagem, terapia ocupacional, nutricionista, fonoaudióloga, dermatologista, profissionais especializados em órteses e próteses, psicólogos entre outros. A intervenção fisioterapêutica, inserida no contexto multidisciplinar, tem o objetivo de minimizar o quadro de comprometimento osteomuscular, reduzindo a incapacidade física e promovendo a melhora ou até mesmo a manutenção da função em níveis adequados ao desenvolvimento das atividades de vida diária (AVD's) do paciente.

Os exercícios de fisioterapia deve procurar alcançar uma melhor condição aeróbica, aumento da força muscular, da resistência e flexibilidade, facilitando tarefas do dia a dia, como caminhar,  se abaixar, cuidar dos afazeres domésticos. Dentre os exercícios indicados , estão o  alongamento, o condicionamento muscular e aeróbico, cada qual com um papel na melhora da saúde, reduzindo a incapacidade e a dor relacionada à patologia.

Os ­exer­cí­cios devem ser realizados de forma lenta, suave e livre de estresse. Para alguns existe uma tradi­ção de que quanto mais forte a atividade me­lhor, isto é um engano, pois em se tratando de doen­ças inflamatórias e crônica isto pode ser um facilitador na ocorrência de determinados danos articulares ou musculares.

É sempre muito importante que se de atenção ao quanto o indivíduo tolera ou não o exercício, assim como ao número de repetições e a resistência que se impõem quando se executa determinada atividade. Pois, muitas vezes o indivíduo é mais tolerante a dor, mas após a realização exagerada do exercício a dor se manifesta. Atualmente, a grande maioria dos estudos científicos revela que a atividade física moderada  e com acompanhamento apropriado pode reduzir as dores musculares e articulares e promover a melhora da capacidade funcional e dos movimentos dos indivíduos que sofrem por serem portadores de doenças reumáticas.


Fisioterapia na Reumatologia e Exercícios Físicos Fisioterapia na Reumatologia e Exercícios Físicos Revisado by Faça Fisioterapia on 10:49 Nota: 5

Nenhum comentário