Terapia Manual e a Fibromialgia










A fibromialgia é uma síndrome dolorosa caracterizada por sintomas como dor, distúrbio do sono e do humor. afeta negativamente na qualidade de vida dos pacientes por estar relacionada a dor constante e rigidez muscular. O impacto global envolve aspectos pessoais, profissionais, familiares e sociais, correlacionando-se fortemente com a intensidade da dor, fadiga e decréscimo da capacidade funcional.

O diagnóstico é classificatório e realizado de forma clínica. Exames complementares são solicitados apenas para exclusão de outras condições associadas. Pessoas que reclamam de dores difusas pelo corpo, alteração de sono e humor, há mais de 3 meses, devem procurar um médico reumatologista.

O fisioterapeuta é fundamental no tratamento. Ele irá atuar em todo o processo de reabilitação do paciente, desde a aplicação de instrumentos iniciais de avaliação até a plena recuperação. Diversos tipos de Terapia Manual podem ser usados para amenizar sintomas e dar uma melhor qualidade de vida ao paciente.

Terapias que podem ser utilizadas

Os Recursos Terapêuticos Manuais mais utilizados são: a massagem terapêutica, Pompage, liberação miofascial, mobilização neural. 

A massagem pode ajudar na diminuição da dor através da melhora da circulação e oxigenação, remoção de escórias musculares e aumento da flexibilidade muscular várias técnicas de massagem incluem:

>> Deslizamento, passar as palmas das mãos e os dedos firmemente sobre os músculos em um movimento rítmico lento.

>> Amassamento, quando os músculos são pressionados entre os dedos e o polegar e ligeiramente erguidos e apertados em uma seqüência rítmica lenta.

>> Fricção, a massagem que penetra profundamente no músculo e usa movimentos circulares lentos com as pontas dos dedos ou do polegar (4).

A liberação miofascial, a terapia dos pontos-gatilhos, e as terapias craniossacrais são exemplos de técnicas especializadas para ajudar no alívio da dor em fibromialgia e em outras condições que causam dor.

Cada técnica com suas peculiaridades gerarão benefícios ao paciente: a liberação miofascial atua na ruptura de aderências na fáscia, mobilizando o tecido conjuntivo e consequentemente promovendo relaxamento e melhora do aporte sanguíneo. 

A pompage libera tensões através do alongamento assistido e gera sensação de bem-estar e diminuição de quadro álgico. 

A mobilização neural pode acarretar em benefícios como: descompressão neural, melhora da extensibilidade, melhora de amplitude de movimento, diminuição de parestesias e dores. 

Para finalizar, as técnicas de relaxamento são indicadas para prevenir espasmos musculares, e promover o relaxamento da musculatura, prevenindo tensões e contraturas musculares. O relaxamento, não apenas físico, mas também mental, pois visa quebrar um círculo vicioso constituído por dor, estresse, depressão e distúrbios do sono. O paciente poderá incluir em sua rotina exercícios respiratórios, meditação, e até yoga.

O tratamento requer uma atenção à cronicidade da dor, que é seu principal sintoma, e o elenco de técnicas da terapia manual atua proporcionando aos pacientes mecanismos neurofisiológicos que atenuam a dor e previnem a evolução da mesma. 

Assim como atua promovendo sensações de bem-estar e relaxamento dando uma conectividade do corpo (percepção) com questões emocionais do ser, gerando assim impactos positivos em aspectos que são acometidos por essas condições clínicas, tais como: Socialização, atividades laborativas, atividades funcionais e consequentemente qualidade de vida.


Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Nenhum comentário

    Tecnologia do Blogger.